Voltar

28/05/2020

QUE DANÇA PARA QUE MUNDO? PENSANDO A RELAÇÃO ENTRE LIVES E MORTES EM TEMPOS DE PANDEMIA

LOCAL

Brasil - online

SOBRE O EVENTO

A UFBA realiza pela primeira vez um Congresso Virtual, durante o período de suspensão das atividades por conta da pandemia do novo Coronavírus. O evento é um espaço de interlocução entre os mais diversos saberes produzidos na universidade, dando visibilidade à sua produção e, ao mesmo tempo, possibilitando um contexto de debate sobre cenários e desafios desse momento.

Mesa de discussão “Que Dança para que Mundo? Pensando a relação entre lives e mortes em tempos de Pandemia”

O dia começa com grandes nomes da Dança, mulheres, doutoras e brasileiras no enfrentamento da Pandemia. Um momento oportuno para pensarmos juntos, sobre os elementos que vão surgindo durante o período de isolamento e morte.

O Grupo de Pesquisa ÁGORA: modos de ser em Dança  apresenta a seguinte proposição nesta mesa: A combinação entre a pandemia e a situação política do Brasil gesta um outro modo de viver, ainda carente de nomeação. A morte tornou-se número, em um cotidiano infestado de lives, escancarando o desaparecimento da tensão entre morte e vida. Se o corpo troca sempre com o ambiente, e vice-versa, que dança deve ser dançada agora?

PARTICIPANTES

Mulheres, professoras, doutoras, pesquisadoras, artistas

Helena Tania Katz

Gilsamara Moura

Márcia Virgínia Mignac da Silva

Lara Cerqueira Linhares de Alburquerque

  • Facebook
  • @grupo.gestus

©‎2019 GRUPO GESTUS | Co-desenvolvido com Índio Medeiros