©‎2019 GRUPO GESTUS | Co-desenvolvido com Índio Medeiros

Histórico do Grupo Gestus

Criado em 1990

Na cidade de Araraquara/ São Paulo/ Brasil, o Grupo Gestus foi formado inicialmente por bailarinos que, insatisfeitos com os padrões tradicionais de ensino em academias de dança, construíram um núcleo artístico de pesquisa e desenvolvimento criativo, vislumbrando uma nova forma de organização para a dança em Araraquara.

 

O nome

Surgiu a partir do conceito brechtniano de 'gestus social'. Dirigido desde a sua criação por Gilsamara Moura, o Grupo Gestus possui um trabalho que divulga e promove encontros com artistas e instituições ligadas à pesquisa em dança.

No ano de 2006

Inaugurou uma nova trajetória de ações coletivas e colaborativas, a partir de pesquisas de cunho ativista, colocando em foco uma das suas principais metas que é fortalecer ambientes de troca e intercâmbio.

Em 2007

O grupo teve o patrocínio exclusivo da empresa LUPO, via a lei de incentivo fiscal do Governo Federal, lei Rouanet, que possibilitou a produção e circulação nacional e internacional de projetos desenvolvidos pelo Gestus.

Prêmios

Na sua trajetória, foi agraciado pelos prêmios Encena Brasil/2002, Caravana Funarte/2004, Klauss Vianna de Dança/2007 e outros.

Eventos

Apresentou-se em inúmeros eventos e salas no Brasil, dentre elas: Bienal SESC de Dança de Santos, Festival de Dança de Araraquara, Circuito 1, 2, 3 Petrobrás, Circuito SESI de Dança, Itinerância SESC, Teatro Municipal de São Paulo, Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, Espaço Ambiente de Belo Horizonte, Galeria Olido de São Paulo, Espaço Quasar em Goiânia, Solar Boa Vista e Teatro do Movimento em Salvador, entre outros.​

Participou de diversos encontros e festivais internacionais de Dança em países como Colômbia, Peru, Equador, Argentina, Paraguai, Chile, Estados Unidos, Alemanha, Áustria, França, Itália, México e Portugal. 

Integrou o projeto de residência artística internacional IPL/2008 e participou do projeto de cooperação internacional “Fronteiras”, ambos em Lima-Peru. 

Co-produz o Festival Internacional de Dança de Araraquara/ São Paulo, Fronteiras Brasil e ORIzzontale: incontri per estar, em Bréscia/ Itália. 

Atualmente

Sua equipe é formada por pessoas que desempenham papéis nas áreas de curadoria, criação, produção, comunicação e direção, constituindo dois núcleos artísticos em dança contemporânea, em Araraquara/SP e outro em Salvador/BA. Seus integrantes atuam em projetos sociais e acadêmicos ligados à dança.